Nestas horas a gente respira fundo e conta até dez, mas não adianta. Eu confesso que não sabia o que fazer, nem reclamar (além do vôo, claro) e nem esperar. Mas este post interessantíssimo da Viagem & Turismo ajudou muito. 
Em resumo o melhor a fazer é registrar o acontecido de alguma forma, guardar comprovantes e exigir a realocação no próximo vôo. Se o tempo de espera for longo, saiba que você poderá exigir o ressarcimento de algumas despesas. 
Conhecer os seus direitos e manter a calma são os melhores aliados. 
Boa leitura e Boa Viagem!

Viagem e Turismo (@viagemeturismo)
28/04/11 18:38
Overbooking: o que fazer para evitá-lo – ou até para se dar bem http://viajeaqui.abril.com.br/materias/overbooking-o-que-fazer-direito-do-consumidor?utm_source=twitter&utm_content=vt