Este é o meu grande sonho no momento: dar a volta ao mundo, com minha família, em busca das descobertas e dos prazeres que a viagem pode nos mostrar.

Quero ver, junto com meus filhos, em primeira e terceira pessoa, os lugares históricos, as paisagens, os cenários, as culturas, os povos e tudo mais que pudermos explorar.

Ler é uma coisa incrível, que te leva para lugares até onde a vida talvez não tenha como te levar. Mas viver cada um dos momentos, também não há livro escrito no mundo que possa superar.

Requentei o sonho ao fazer uma arrumação em casa e reencontrar uma revista, a Viagem e Turismo em que o Zeca Camargo contava suas peripécias dando a volta ao mundo.

Em outro momento, comecei a ler o antológico “On the road” do Jack Kerouac. Me deu uma vontade louca de cair na estrada!

E, por fim, novamente ela, a revista Viagem e Turismo começou a publicar uma série de matérias sobre dar a volta ao mundo.

Assim, vou começar a sonhar, pesquisar e explorar. Meus posts vão falar da preparação, das dicas e dos lugares que queremos conhecer. E – espero – em algum momento a viagem irá se concretizar. Com ela, mais posts virão.

Como a vida não é feita só dos nossos sonhos, mas também da capacidade de realizá-los, no lado racional, precisamos angariar fundos. Uma pesquisa importante a ser feita. Algumas respostas já tenho, outras vamos construir juntos conforme definirmos e estudarmos o roteiro saindo aqui do Brasil.

Seremos 4, eu, meu marido e nossos 2 filhos. Queremos viajar por um ano, 365 dias. Um desafio um tanto maior.

Num primeiro rascunho dos gastos, ficamos um pouco assustados:
Passagem: R$ 10.000,00 cada com taxas (cerca de 3,5 mil dólares + taxas por pessoa)
Estadia: hostel, casas alugadas ou B&B para 4 pessoas, mas também pretendemos ficar em casa de amigos e o que mais de interessante surgir
Alimentação: estimamos cerca de R$ 40,00 / dia / pessoa (teremos que ser econômicos)
E ainda temos uma grande lista de gastos a levantar:
– Transporte
– Passeios
– Seguros
– Vistos
– Extras
– Malas e bagagem

Certamente precisaremos de uma – bela – poupança. Não somente para ir, mas também para quando voltarmos. Estimamos quatro anos e meio de preparo para a viagem acontecer. Até lá, vamos sonhar juntos.

Boa viagem!

Anúncios