Aqui está o motivo de termos vindo para o lado leste da península de Coromandel: a belíssima e famosa Cathedral Cove. 

 

Para chegar até ela é preciso ir a Hahei Beach e fazer uma trilha de cerca de 1 hora e meia. Hahei por si só é uma graça e já vale a visita (há muitas pousadinhas e hoteis, além de cafés, restaurantes e uma praia de tirar o fôlego). 

 
 

 

Paramos o carro em Hahei (embaixo) e seguimos rua a cima a pé. O caminho da rua da praia de Hahei até a entrada da trilha para Cathedral Cove é uma rua íngreme de cerca de 1km (mas vale pela dificuldade de se arrumar onde estacionar o carro lá em cima). A vista da caminhada compensa (vide esta da foto acima), mas depois de tanta subida, a trilha tem ainda mais 1h e meia até a Cathedral Cove (e como havia chovido, pegamos alguma lama pelo caminho). 

 

Aqui mais um pouco da vista, agora com a Cathedral Cove.

 

 

 

Chegando lá, um lance de escadas e estávamos do lado direito da caverna em uma praia pequena, de areia clara e com ondas. Esta da foto é a praia da direita, onde a trilha chega. 

 
 

 

Caminhando por dentro da caverna a gente chega na praia da esquerda, igualmente linda e um pouco mais vazia. A Caverna é legal, e realmente seu interior é grande (se a maré estiver cheia, fica complicada a passagem de um lado para o outro). 

 

 

 

Esta pedra esculpida pelo mar, a qual vemos abaixo, é linda demais. Infelizmente a foto não fez justiça às cores e formas. As águas claras e ondas fortes são uma atração à parte. 

 

 

 

Muitas pessoas vêm para cá de barco. Deve ser um lindo passeio, talvez da próxima vez a gente faça, mas a trilha é realmente bacana e eu sempre acho que a gente precisa ir a pé para realmente ter contato com o lugar. 

 

A dica é levar muita água (o dobro do que está pensando, assim tem para a ida e a volta) e um lanchinho para comer enquanto curte o lugar.

 

Na volta, havia restaurantes e um mercadinho lotado (onde paramos para nos refrescar com alguns sorvetes e muita água). Amei!  

 

Saiba tudo sobre Coromandel e região

Veja também: Guia Completo sobre a Nova Zelândia