A cada 5 anos o Governo da Nova Zelândia realiza o seu censo para saber mais sobre os lares e as pessoas que aqui habitam.
O processo é muito simples: são enviadas cartas contendo um código individual e único, para todos os lares, e os habitantes de cada lar têm que acessar o site oficial do censo, digitar o código e preencher o questionario (online).
Cada pessoa que mora no local tem que responder o questionário (os adultos ou responsáveis obviamente preenchem para crianças, bebês e quem não puder fazer isso sozinho).
Para ajudar a população, foi feito um vídeo que explica como funciona: clique aqui para assistir.
As informações do Censo ajudam a definir as decisões que serão tomadas em relação à população e suas riquesas, seja para destinação de verbas ou investimentos, além de permitir a todos um entendimento melhor de como o país se desenvolve socialmente.
Todas as informações ficam disponíveis para consulta púbica em um site oficial com algumas estatísticas do país (veja aqui as análises de 2013), e são estudos muito interessantes de se ler e entender.
Obviamente o governo não permite que dados pessoais sejam repassados para terceiros, e protege a identidade de todos os respondedores. O importante é a massa crítica de informação que se tem quando se juntam todos os dados da população.
Algumas Curiosidades: 
  • Este é o primeiro ano em que todo o Censo será realizado totalmente online;
  • Há tambem questionários em papel para quem preferir responder assim, mas é preciso ligar e solicitar;
  • Caso precise de ajuda para responder, há um telefone de suporte (do tipo 0800 com ligacao gratuita);
  • Para algumas nacionalidades há instruções em sua língua nativa (Maori, Tonganês, Samoano, Chinês tradicional e simplificado, Hindi e Coreano);
  • Quem não preenche o censo pode ser multado, já que a participação não é facultativa, mas sim obrigatória.


Assim que os dados da pesquisa que estamos todos respondendo agora estiverem disponíveis, prometo atualizar este post.

Anúncios